Como investir de forma estratégica em Google Ads?

google ads
28 jun 2020

No vasto universo digital, não basta ter um site com layout bem estruturado e focado na experiência do usuário. É muito importante conhecer e dominar ferramentas como o Google Ads, uma plataforma totalmente dedicada a publicidade, na qual, através de pagamentos, os anunciantes conseguem dar mais visibilidades a conteúdos em texto, vídeos, informações sobre produtos e etc.

Mas, antes de sair investindo em Google Ads, é preciso conhecer os tipos de anúncio que podem ser criados para potencializar a visibilidade da sua marca na Internet.  O uso desse tipo de ferramenta pode ser um grande diferencial para profissionais dos mais diversos ramos e segmentos.

Vamos conhecer os tipos de anúncio?

Um dos primeiros tipos é o anúncio na rede de pesquisa, considerado o formato mais simples e famoso do Google Ads. Eles são formados basicamente por textos e aparecem com a palavra “anúncio”, deixando claro que sua exibição é fruto de um investimento publicitário.

O segundo tipo de anúncio é o de rede Display, bem mais complexo que o anterior. Ao invés de ter somente texto, ele será visualizado em formato banner, também passando a ser encontrado em blogs, sites de notícias, portais e etc.

Para quem trabalha com a venda de produtos online e tem ecommerce, uma forma de fazer anúncios bem interessante é o Google Shopping, que permite a geração de um tráfego maior para sua página, aumentando, em consequência, as suas chances de conversão em vendas.

Já no Youtube, é possível fazer sua inserção de anúncio, de acordo com nicho ou segmento, antes ou durante a exibição de determinado vídeo. Nessa mídia social em específico, se pode aplicar anúncios no formato banner gráfico, em vídeos que permite ‘pular a sua visualização’ ou não além dos cartões patrocinados, que são úteis para trazer informações relevantes para o espectador.

Investir no Youtube pode representar um grande diferencial para sua marca, pois atualmente, essa mídia social teve, desde 2017, uma elevada taxa de crescimento, sendo o meio preferido do brasileiro para assistir e acompanhar conteúdos em vídeo de acordo com a Pesquisa Youtube Insights.

Motivos para investir em Google Ads

Em mercados altamente competitivos, em que a atenção do leitor é disputada cada vez mais por diferentes produtos e serviços, não apenas de pequenas, mas também de marcas de médio e grande porte é preciso ter uma estratégia bem assertiva para ganhar destaque no universo digital.

O primeiro passo para conseguir se destacar é que a marca entenda muito bem sobre o comportamento do seu público, também chamado de persona pelos especialistas em marketing digital. Sem o entendimento do perfil, hábitos, preferências, estilo, canais que acessa, perfil de busca e termos que usa não é possível ter uma estratégia de conteúdo digital efetiva.

Separamos alguns bons motivos para você começar a investir em Google Ads,vamos lá?

1.      Direcionamento do seu conteúdo para a persona ideal;

2.      Aumento das taxas de alcance e visualização;

3.      Geração de mais tráfego para seu site;

4.      Aumento das taxas de conversão;

5.      Maior lucratividade em sua loja online ou ecommerce.

6.      Tornar sua campanha mais visível para o usuário correto

7.      Mensuração constante de resultados

8.      Obtenção de resultados em um intervalo de tempo menor, se comparado com as empresas que apenas investem na produção de conteúdo orgânico, ou seja, não patrocinado e em Searh Enginee Optimization (SEO).

9.      Criação de anúncio atraentes e direcionados para “áreas quentes” do seu portal ou ecommerce, ou seja, aquelas que recebem uma elevada taxa de visualizações e portanto, se torna relevante para sua estratégia de conteúdo e marketing digital.

Mas, para conseguir todos os benefícios acima pontuados, você precisa muito mais do que sair criando uma conta no Google e redigir anúncios sem estratégia.

Para que dê certo e seu investimento em Google Ads renda bons frutos, alguns elementos são essenciais. Vamos conhecer melhor cada um desses elementos que permitirão otimizar sua estratégia de conteúdo e trazer mais resultado para seu negócio.

1.      Realização de pesquisas, sejam elas entrevistas em profundidade ou aplicação de questionários para conhecer e mapear as personas da sua marca;

2.      Uso de ferramentas de monitoramento para análise da concorrência e sua presença digital;

3.      Uso do Adwords para pesquisa das melhores palavras-chave para seu nicho e segmento;

4.      Criação de landing pages ou seja, páginas de captura na qual, ao baixar um conteúdo, que funciona como ‘isca digital’ , seu usuário irá preencher um formulário e iniciar sua jornada do topo do funil;

5.      Ter um site com arquitetura de informação, navegação baseada na experiência do usuário, versão mobile e responsivo;

6.      Conteúdo segmentado para cada persona com a qual sua marca dialoga;

7.      Uso de técnicas como copywriting, que consiste na criação de textos persuativos, utilizando os chamados gatilhos digitais (escassez, afinidade, etc);

8.      Criação de estratégias de remarketing, ou seja, garantir que um usuário, após contato com seu anúncio e uma não conversão, continue visualizando sua oferta.

 Por onde começar o trabalho com Google Ads?

Não adianta se apressar e começar a sair anunciando sem primeiro, entender a ferramenta, seu papel, os tipos de anúncios que podem ser criados, como escolher as palavras-chave e fazer segmentações.

Por isso, antes mesmo de ter um trabalho ativo de criação de anúncios no Ads, sua empresa precisará:

1.      Ter um planejamento de marketing digital;

2.      Desenvolver um plano estratégico;

3.      Incluir o trabalho de produção de conteúdo no plano tático;

4.      Analisar a verba disponível;

5.      Ter um bom site para o qual os anúncios possam ser direcionados;

6.      Investir em materiais gratuitos para geração de leads;

7.      Alocar os recursos nas campanhas prioritárias;

8.      Estabelecer métricas e KPIs;

9.      Monitorar resultados;

10.  Iniciar o trabalho de anúncios para aumentar a visibilidade de seus projetos, ofertas e conteúdos oferecidos.

Posso fazer o trabalho no Google Ads por minha conta e risco?

Caso você não tenha experiência em todas essas etapas, é importante contratar um profissional ou agência que possa ajudá-lo a potencializar resultados, minimizando erros e perda de capital investido.

Gostou do artigo?

Aprenda também a criar projetos de comunicação

Assista mais de 50 vídeos em nosso canal do Youtube sobre planejamento de comunicação.

Se quiser se aprofundar ainda mais, conheça nosso curso FORMAÇÃO COMPLETA EM COMUNICAÇÃO INTEGRADA e saiba como ir do diagnóstico à execução, passando pelo monitoramento.

Ahhh, se quiser ficar mais conectado (a) comigo, tenho um grupo de dicas diárias no Telegram, é só acessar aqui.

Deixe um comentário

28/06/2020 Isabela Pimentel

Contato