Comunicação com alma, conexão e essência

19 jul 2018

Em tempos de reflexão, diversos projetos têm discutido temas como a importância dos valores. Mais do que produtos, as marcas vendem também uma história, posicionamento e cada vez mais os consumidores buscam empresas que tenham causas com as quais se identificam. Quem mais humaniza sua estratégia de comunicação e sabe trabalhar o propósito da marca, conquista a mente e coração dos consumidores.

Um projeto de nicho que vem trabalhando em prol da comunicação com causa é o Conexão e Essência, da jornalista Giane Gatti. Vegetariana, praticante de meditação há oito anos e muito ligada em sustentabilidade e proteção animal, ela resolveu dar um novo rumo à sua carreira, após longa experiência no mercado corporativo.  Ela conta que é segmentar em produção de conteúdo para o público que se interessa por esses temas. “Então, o Conexão e Essência é focado em empresas do segmento de vida saudável, negócios sustentáveis e autoconhecimento. Coisas em que acredito e vivencio já há um tempo”, explica.

A jornalista acredita que somos seres espirituais cheios de qualidades e virtudes, e elas devem estar presentes em nossas interações com as pessoas, os animais e a natureza. O amor, a bondade e a paz estão na nossa essência.”Para mim é maravilhoso produzir conteúdo sobre temas com os quais me identifico e estão alinhados com os meus princípios. Tem muita empresa bacana nesse setor”.

Confira a entrevista na íntegra:

Comunicação Integrada: Qual missão do Conexão e Essência?

Giane: Ajudar empresas dos segmentos de alimentos saudáveis, bem-estar, com causas ligadas ao meio-ambiente e proteção animal a serem mais conhecidas e admiradas pelo público, por meio de conteúdo digital. Há empresas com lindos propósitos e causas, que não sabem como divulgar seus diferenciais, ganhar visibilidade e nem reverter isso em resultados para o negócio e para as causas.

Comunicação Integrada:  Qual gap de mercado veio suprir?

Giane:  Há um movimento mundial em busca de uma vida mais saudável, equilíbrio e consumo consciente. E isso inclui vegetarianos, veganos ou pessoas que estão reduzindo o consumo de carne, e que querem se conectar com empresas que têm princípios alinhados com os seus. Por exemplo, não comprar produtos de empresas que usam trabalho escravo ou infantil, que não têm práticas sustentáveis e que fazem testes em animais. É um mercado que tem uma enorme demanda para pouca oferta. De acordo com pesquisa recente do Ibope Inteligência, contratada pela Sociedade Vegetariana Brasileira, 30 milhões de pessoas se declaram vegetarianas no Brasil. É um público gigantesco ávido por produtos.

Você sai à noite no Rio de Janeiro, por exemplo, e ainda é difícil encontrar uma opção vegetariana para quem não come carne vermelha nem branca e nem ovos. Para os veganos, então isso se torna uma missão quase impossível.

Comunicação Integrada:  Como a empresa ajuda pequenos empreendedores desse nicho?

Giane:  Conteúdo digital é fundamental para qualquer empresa, independentemente do porte. E ter uma presença digital autêntica e com estratégia faz as pessoas se engajarem e se tornarem fãs e defensores da marca. As pessoas querem se conectar com empresas das quais elas se orgulham de comprar produtos e compartilham seus conteúdos.

Comunicação Integrada:  Como você analisa o mercado sustentável hoje?

Giane:  É um mercado que não para de crescer! Cada vez mais surgem empresas resolvendo problemas ligados a descarte de lixo, reciclagem, roupas e produtos veganos em geral, que monitoram a cadeias de fornecedores e reduzem os impactos na natureza. E os clientes estão se conscientizando da responsabilidade que têm em priorizar empresas do bem, além do movimento de comprar diretamente de quem produz, dos pequenos produtores. E me dá uma enorme satisfação criar conteúdo para divulgar essas empresas, que participam dessa transformação mundial. Informe-se sobre as marcas, que são bacanas e seja um consumidor consciente. O planeta agradece.

 

 

Texto: Isabela Pimentel 
*Jornalista, Historiadora e  Especialista em Comunicação Integrada
Imagem: Divulgação  e Taís Peyneau.

Deixe um comentário

19/07/2018 Isabela Pimentel

Vamos juntos?