Gestão de crise: comece antes que aconteça!

20 mar 2017

Vivemos cercados por notícias e informações que circulam na velocidade da luz. Como preparar o funcionário para lidar com crises?Antes mesmo de chegar diariamente às nossas empresas e postos de trabalho, já recebemos diversas informações (verdadeiras ou falsas) sobre ela no caminho, seja pelo Facebook, algum site ou mesmo Whatsapp. Então, o que diariamente precisamos comunicar ao nosso funcionário, para que adiante de uma crise, como a que está acontecendo agora envolvendo diversas empresas brasileiras, na chamada “Operação Carne Fraca“, para que em um momento crítico, ele esteja bem preparado e possa ser um embaixador da marca?

Como fazer gestão de crise?

Uma dica fundamental para as empresas que querem preservar sua reputação e manter as equipes motivadas e engajadas é sempre considerá-los públicos prioritários no processo de comunicação de decisões estratégicas, mudanças na gestão e qualquer notícia que altere, de forma substancial, os rumos da empresa e impacte no cotidiano das pessoas.

E antes mesmo que a crise bata à porta, seja ela uma crise de reputação, imagem ou algo mais efêmero, provocado , por exemplo, por um boato nas redes sociais, vale a pena investir na capacitação e treinamento dos funcionários. Também é importante que todos saibam os fluxos de comunicação, como ocorre o relacionamento com a imprensa e quais são os porta vozes.

Então, que tipo de mensagem devo comunicar diariamente a meus funcionários?

1- Vocês são responsáveis pelo sucesso da empresa;

2- Sua postura tem impacto no resultado dos processos e projetos;

3- Aquilo que você comunica e posta não diz apenas muito sobre você, mas também sobre sua profissão e seu ambiente de trabalho (aqui precisamos deixar clara a política de redes sociais da empresa)

4- Você é um influenciador (’embaixador da marca´) e pode, com o que você diz e posta, deixar alguém que não trabalha aqui encantado ou decepcionado com a empresa;

Todas essas mensagens estratégicas só terão sentido real se forem, além de pregadas na parede, postas em prática no cotidiano, através de:

1 – Treinamentos periódicos (media training, simulação de crises, orientações sobre uso de redes sociais);

2- Criação de fóruns e comitês de comunicação;

3- Desenvolvimento de políticas de comunicação em grupos de trabalho;

4- Palestras sobre planejamento estratégico e visão sistêmica;

5- Encontros entre lideranças para discutir temas sensíveis;

6 -Invista em gestão de crise;

É importante deixar claro que tudo isso a empresa pode e deve fazer antes que um processo de crise seja iniciado ou um escândalo chegue a imprensa. As corporações modernas devem ter uma visão mais centrada no colaborador que nos processos, para que, diariamente, eles saibam o que fazem ali.

Então, o que você diria a seu funcionário hoje?

Gostou do texto? Compartilhe e comente! 😉

Texto: Isabela Pimentel e Dario Menezes

Quer saber mais sobre planejamento de comunicação?

Assista mais de 200 vídeos em nosso canal do Youtube sobre planejamento de comunicação. Aproveite para se tornar um comunicador mais estratégico!

Confira também 10 livros essenciais sobre comunicação integrada.

Então, se quiser se aprofundar ainda mais e adquirir conhecimentos bem estruturados sobre como planejar, gerir e monitorar a comunicação digital, conheça nossa FORMAÇÃO COMPLETA EM COMUNICAÇÃO INTEGRADA, a única no mercado.


 

20/03/2017 Isabela Pimentel

Contato

Open chat
Precisa de ajuda?
Seja bem-vindo à Comunicação Integrada. Como podemos ajudar?