Gestão de crises e a postura do avestruz

gestao-de-crises
25 maio 2020

Gestão de crises é algo bem distante da realidade da maioria das empresas em nosso país. Você não esperava, mas de repente, uma falha na logística e na produção fez com que seu produto estrela se visse no meu de uma super crise.

Então, vamos imaginar essa cena :  o telefone não parou, o SAC também não, assim como as menções nas redes sociais. É, amigo, você está no olho do furação, passando por uma crise de imagem.

De repente, a  imprensa liga, mas o porta-voz despreparado diz que não tem nada a declarar. E a crise que era só de imagem vira de reputação. Essa situação parece familiar?

Assim , quando a empresa não possui plano de crise, mapa de risco e uma política de relacionamento com a imprensa pautada pela transparência, tudo isso pode acontecer e aumentar ainda mais o tamanho do problema.

Por isso, antes de responder que não tem nada a declarar , a empresa deve:

1.      Reunir dados para embasar sua resposta;

2.      Convocar o comitê de crise para estudar a melhor forma de resposta;

3.      Mostrar que a empresa está ciente do caso e está empenhada em resolver o caso.

Dessa forma, tão ruim quanto o silêncio, é a empresa se fazer de vítima ou alegar que não tem nada a declarar. Então,se sua empresa estiver passando por uma crise, na hora de responder, use essas dicas.
Afinal, de que fala ter um porta voz  e adotar uma postura reativa diante da imprensa e stakeholders?

Montando o plano de gestão de crises

1.      Reconheça o fato ;

2.      Mostre o que está sendo feito;

3.      Peças desculpas e preste condolências;

4.      Responda baseado nos dados que tem até o momento;

5.      Comprometa-se a informar ao longo do processo;

6.      Deixe claros os próximos passos.

 

Confira os passos a serem seguidos para minimizar riscos à imagem e reputação:

– Reunir a equipe de comunicação

– Buscar dados e situações sobre o contexto da crise

-Convocar  o time de crise

– Conduzir  o monitoramento em tempo real das notícias

– Manter relacionamento com influenciadores e formadores de opinião

– Preparar e alinhar discursos para porta-vozes

– Integrar os canais

– Manter o discurso institucional alinhado durante todas as etapas da crise

 

Quer saber mais sobre gestão de crises?

Assista mais de 100 vídeos em nosso canal do Youtube sobre planejamento de comunicação. Aproveite para se tornar um comunicador mais estratégico!

Então, se quiser se aprofundar ainda mais e adquirir conhecimentos bem estruturados sobre como planejar, gerir e monitorar a comunicação digital, conheça nosso curso FORMAÇÃO COMPLETA EM COMUNICAÇÃO INTEGRADA.

 

Isabela Pimentel

Texto: Isabela Pimentel 
*Jornalista, Historiadora e  Especialista em Comunicação Integrada
Imagem: Divulgação

 

 

25/05/2020 Isabela Pimentel

Contato

Open chat
Precisa de ajuda?