Porquê contar a memória da empresa?

27 nov 2016

Em tempos de mídias sociais e rapidez no compartilhamento da informação, voltar ao passado da empresa, relembrar os feitos, heróis, mitos e ritos, pode parecer estranho.

Porém, mais  do que nunca, a memória se consolida como um campo de estudos e de atuação profissional. Exatamente pela sua capacidade de gerar pertencimento e emoção, a memória traz a tona o que é digno de ser lembrado e permanecer vivo, independente da velocidade das redes. DFoto CKFe acordo com a historiadora Carolina Kuk,  Gerente de  Projetos da Solar Pesquisas de História, ter projetos de memória empresarial permite guardar, preservar e organizar  a  história em diferentes planos. “Isso inclui, por exemplo, estruturar projetos de lançamento de produtos e de serviços de forma coesa e coerente, zelar pela reputação de suas marcas e reforçar suas identidades. Há outra possibilidade prática muito recorrente, que é a utilização da documentação organizada como prova nas disputas jurídicas entre marcas do mercado”, destaca a especialista.
IMG_0011

A fundadora  e diretora da Solar, Solange Peirão, acrescenta que através destes projetos,  a memória afetiva suscita o sentimento de pertencimento de colaboradores e consumidores. Os trabalhos de Memória Empresarial, além do mais, potencializam os projetos das diversas áreas que, de alguma maneira, chegam ao grande público. Com isso, as instituições firmam seu compromisso de responsabilidade histórica, já que fazem parte de um contexto histórico maior. Zelando por sua história, zelam também pela história de seu entorno. Confiram a entrevista na íntegra:

Comunicação Integrada: Qual o diferencial competitivo de quem investe em projetos de Memória Empresarial?

Solar: Os projetos de Memória Institucional nas empresas resultam em diferentes produtos e podem servir a diversos fins.Ocupar-se da Memória Empresarial não é apenas um enfeite nostálgico. Ela serve como ferramenta estratégica de gestão dos negócios. Por um lado, ter a documentação histórica da empresa organizada e à disposição do colaborador para pesquisas no dia a dia de trabalho, significa economia de tempo e de dinheiro. Por outro, o consumidor demanda mais das empresas, demanda mais de suas marcas e produtos. A história pode ajudar com este “mais”.

Comunicação Integrada: Por que criar Centros de Memória?

Solar: Os Centros de Memória são o lugar dedicado à guarda, preservação e conservação da documentação histórica das marcas institucionais da empresa, das marcas de seus produtos, dos serviços que presta. Ter um Centro de Memória (se o projeto estiver bem executado, claro) significa ter acesso à documentação histórica de forma rápida e eficiente, contínua e permanente, em projetos de curto, médio e longo prazo. Além do mais, uma equipe especializada pode fazer pesquisas e prestar consultoria aos projetos das diversas áreas da empresa.

Comunicação Integrada: Como os trabalhos de Memória Empresarial ajudam a engajar os colaboradores e profissionais das áreas afins?

Solar: Quando preservamos a história de uma empresa, guardamos também a história dos funcionários daquela empresa e dos consumidores de seus produtos e serviços.Visando engajar estes dois públicos – colaboradores e consumidores – inúmeros projetos podem ser feitos, utilizando-se documentos históricos.

Para colaboradores, pode-se fazer homenagens a veteranos com retrospectiva da carreira, ações de endomarketing, como distribuição de brindes com motivos históricos, festas internas decoradas com cenografia relativa à história da empresa, treinamentos com conteúdo histórico, etc.

Para consumidores, pode-se desenvolver coleções retrô, posts com conteúdo histórico no facebook, campanhas e promoções que envolvam a história de um produto, etc. No entanto, divulgar aos colaboradores e aos consumidores os trabalhos produzidos pela área de Memória Empresarial engaja de imediato, porque  significa que a empresa zela por sua história, pela história de suas marcas, pela história da sociedade na qual está inserida e, por conseguinte, pela história dos próprios colaboradores e consumidores.

Comunicação Integrada: E como ajuda a  prevenir ou sanar crises?

Solar: Para evitar crises, há ações pontuais e cotidianas como aquelas que atendem aos questionamentos e demandas dos consumidores (via SAC, por exemplo) ou até mesmo e evitam incoerências em lançamentos e campanhas de serviços e produtos. Há outras ações mais elaboradas e complexas. O uso da documentação histórica preservada pode ser o diferencial definitivo quando há disputa entre empresas, em geral no que diz respeito às suas marcas.

Trata-se, na maioria dos casos, de disputas quanto ao uso de imagens e símbolos que as representam, ou mesmo quanto ao direito de autoria sobre slogans publicitários. Outro exemplo, pode ser a atitude que tem sido perseguida pelas empresas, nos últimos vinte anos, de se caracterizarem como “socialmente responsáveis”, quer dizer, contemplam as necessidades sociais que estão para além do simples interesse comercial; podemos exemplificar, lembrando aqui daquelas empresas que se envolvem com a preservação do meio-ambiente, evitando ação predatória.

 

 Texto: Comunicação Integrada
Imagens: Acervo Pessoal

Deixe um comentário

27/11/2016 Isabela Pimentel

Vamos juntos?