Montando um plano de comunicação integrada

05 fev 2019

Plano de comunicação é essencial, porém, muito ignorado pelas empresas. Quantas empresas de fato levam esse processo a sério?

Tenho dedicado alguns meses do ano para estudar e fazer cursos de atualização nas áreas de produção de conteúdo, redes sociais e planejamento. Uma das ferramentas que tenho utilizado é a matriz de priorização, que divide as atividades entre importantes, urgentes e circunstanciais (ou não urgentes).

Uma das dores do planejamento é a dificuldade de fazê-lo rodar no dia a dia da empresa, pois muitas vezes, as áreas não solicitarem a criação de peças e campanhas dentro do prazo. Outra dor é quando simplesmente o plano é ignorado e se foca apenas nas urgências e apagar incêndios.

De acordo com Luciene Ricioti,  para planejar a comunicação, é preciso diagnosticar um problema e saber quais as ferramentas de comunicacao disponíveis , qual sua utilidade e como cada uma delas pode ser empregada”.

Segundo a autora,  o Planejamento de comunicação integrada deve ser mais amplo do que simplesmente orientar e definir a estratégia de comunicacao dentro do ambiente de marketing em estudo. Afinal, planejar é mais que fazer planinhos.

Montando um plano de comunicação

Mas, procuro pensar de outra forma. Nada é tão simplificado assim.

Por isso,  uma das maiores delícias do processo de planejamento é o mergulho no universo da empresa, análise de cenários, conversar com os stakeholders, fazer um diagnóstico detalhado, criar metas, estratégias, prazos, envolver o time!

Além disso, outra coisa boa de ter uma comunicação planejada é que as ações e indicadores de mensuração já estão bem desenhados, sem sobressaltos na criação das campanhas.

Dores e dificuldades do plano de comunicação

O planejamento é uma espécie de valor para mim, pois envolve tempo e tempo para mim é vida. 

Assim, quando alguém fura algo planejado ou simplesmente não aparece para uma reunião, para mim , não é só um desrespeito a meu tempo,mas também à vida, que é tão curta para ser disperdiçada com falta de compromisso.

Nesse sentido, tenho trabalhado nas consultorias de comunicação com a ideia de priorização e planejamento, pois:

  1. se temos planejamento e procedimentos preventivos, saberemos lidar melhor com crises e incêndios
  2. precisamos ter estratégias e ações planejadas em primeiro lugar, antes de resolver o não-urgente;
  3. evitar a perda de tempo e foco com as interrupções potencializa a execução e processo de planejamento.

Quer saber mais sobre planejamento de comunicação?

Então, se quiser se aprofundar ainda mais e adquirir conhecimentos bem estruturados sobre como planejar, gerir e monitorar a comunicação digital, conheça nosso curso FORMAÇÃO COMPLETA EM COMUNICAÇÃO INTEGRADA.

Assista mais de 200 vídeos em nosso canal do Youtube sobre planejamento de comunicação. Aproveite para se tornar um comunicador mais estratégico!

Confira também 10 livros essenciais sobre comunicação integrada.

05/02/2019 Isabela Pimentel

Contato

Open chat
Precisa de ajuda?
Seja bem-vindo à Comunicação Integrada. Como podemos ajudar?