Como está a sua coerência na Comunicação?

14 abr 2017

Não sei se já aconteceu com você, mas provavelmente tenha ocorrido com um amigo(a).Você desenvolveu um trabalho acreditando que iria superar as expectativas do seu líder. Quando apresentou escutou: “não foi bem isso que tinha pensado”. E agora, de quem é a culpa?

A culpa é da tal comunicação, que precisa ser coerente, apresentar uma sequência que dê sentido geral e lógico ao receptor, para não haver contradições.

Então, cabe ao líder checar se a sua demanda e o pedido foram realmente compreendidos e não apenas transmitidos. Porém, não custa nada também ser um profissional proativo e sair em busca de alinhar as fases do projeto, verificar se está caminhando no sentido certo, assim não ocorre aquela decepção no final.

A responsabilidade da coerência na comunicação é de qualquer pessoa que lidere um projeto ou faça gestão de pessoas, caso contrário, erros ocorrerão, prazos não serão cumpridos, tudo virará  uma grande confusão e um grande  desgaste para todos os envolvidos.

Já pensou em desenvolver essa competência?

Saiba que ela pode contribuir,  e muito! Quando nós somos coerentes na comunicação geramos mais confiança das pessoas porque as contradições somem. Ser coerente também se transmite nas atitudes, o famoso: discurso igual à prática.

Veja três dicas para ter uma comunicação coerente:

  1. Objetivo:

O que você quer transmitir?

Comece pelo final, ou seja, qual é o resultado que quer alcançar.

Tenha o objetivo da comunicação em mente e detalhe sua ideia ao máximo antes de partir para ação.

Planeje a melhor forma de passar o seu objetivo de acordo com o estilo do seu receptor para tornar mais fácil a compreensão. Caso necessário, utilize  recursos visuais para ajudar a entender o contexto. Escreva tudo para registrar e acompanhar. Lembre-se também de conversar com as pessoas envolvidas para esclarecer e tirar quaisquer dúvidas.

  1. Responsabilidade:

Deixe claro quais são as responsabilidades de todos os envolvidas no projeto. Assim, todos têm autonomia para buscar soluções e resolver as suas pendências.

  1. Prazo:

Sinalize quando precisa do que pediu, porque a sua prioridade pode não ser a mesma dos demais envolvidos.

É importante saber quais são as tarefas correlacionadas para verificar se existem dependência entre elas para o projeto ser concluído.

O projeto somente terá sucesso se todos buscarem os resultados das metas individuais  para contribuir com a meta global, a entrega do projeto.

Defina seu resultado, comunique com coerência e terá sucesso!

Gostou do texto? Compartilhe e comente! 😉

Texto:  Sabrina Espíndola
*Coach e Consultora 

Imagem: Visual Hunt 

Deixe um comentário

14/04/2017 Isabela Pimentel

Vamos juntos?