Como começar a escrever para blogs corporativos?

Blog concept with technology icons design, vector illustration 10 eps graphic.
22 fev 2018

Tenho diversos amigos que são ótimos jornalistas e produtores de conteúdo e estão se atualizando sobre redes sociais e novas tecnologias. Algumas vezes, os clientes pedem para que eles passem um orçamento sobre produção de conteúdo semanal para blogs corporativos.

O poder dos blogs: eles não morreram

Muitos desses colegas, por vezes, afirmaram ter medo por não serem nativos digitais ou não conhecerem a tal blogoesfera. De acordo com dados da State of the Blogging Industry 2017, ter um blog aumenta a exposição da marca, prospecção e também o número de conversões de leads.Além de noções de produção de conteúdo, o profissional precisa ter noções de CMS (sigla em inglês para Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) , que permite que você gerencie todo conteúdo do seu blog, suas páginas, imagens, vídeos e aparência do seu site.

 

Ao produzir conteúdo de forma ativa, com periodicidade e foco em seu nicho, a empresa está investindo também na construção da sua reputação digital e fortalecimento da reputação.

Por isso, nao tenha medo de assumir esse desafio, seja para seu blog pessoal, seja para um profissional (se você for empreendedor) ou para um cliente que te solicitar.

 

E por onde eu começo?

 

Preparei um conjunto de dicas e uma estrutura inicial para ajudar quem quer começar nessa área.

Confiram abaixo:

1) Apresentação e definição de pautas/Cronograma editorial: no que eu sou bom? Que temas sei de verdade e em profundidade? No que posso me tornar referência /especialista?

2) Escreva os tópicos que pretende desenvolver na seguinte ordem:

Título

Palavras-chaves

Introdução (ideia central)

Desenvolvimento (pontos rápidos que reforçam o argumento da ideia central)

Complementos (dados que embasem a ideia central, trechos de falas de especialistas, links e vídeos)

Contraponto (Mas..por outro lado…. = mostre outro olhar sobre o fato)

Sua análise (Considerando que já estudei /vivenciei XYZ, recomendo que vocês) – é a hora de se mostrar como especialista

3) Conclusão e Call to action (Chame o leitor para um novo texto.. Use links como Leia mais, acompanhe mais textos sobre isso na fanpage) -> Ex: Esse texto é o primeiro da série sobre o tema X. Clique aqui (call to action) e assine nossa newsletter * (CALL to Action é uso do imperativo para oferecer mais ao leitor, para que ele continue lendo seu texto)

 

 

Texto: Isabela Pimentel 
*Jornalista, Historiadora e  Especialista em Comunicação Integrada
Imagem: Divulgação   

Deixe um comentário

22/02/2018 Isabela Pimentel

Vamos juntos?